Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

2 Dedos de Conversa

Blog pessoal, onde pretendo fazer deste cantinho a " Mi casa es su casa ". Experiências pessoais , troca de idéias, e incentivo a (re)descobrires o teu lugar neste planeta. O que te move , o que te apaixona. SeR para CresCeR

2 Dedos de Conversa

Blog pessoal, onde pretendo fazer deste cantinho a " Mi casa es su casa ". Experiências pessoais , troca de idéias, e incentivo a (re)descobrires o teu lugar neste planeta. O que te move , o que te apaixona. SeR para CresCeR

Sex | 17.11.17

Onde está o meu Ponto de Equilíbrio Hoje?

Sónia Azevedo
  Pensam vocês....que estou para aqui sempre a dizer, para emanarem boas energias, amor, amar,blábláblá.   Verdade! Todos os dias vos recordo disso. É o meu papel, missão digamos...plantar-vos a sementinha boa.  O resto do trabalho tem que ser vosso, como , regâ-la, colocá-la à luz, para que comece a crescer.   Também sei que nem todos os dias são iguais! Nem todos os dias nos sentimos bem , felizes , equilibrados, leves.   Verdade!!   Meus queridos, as Energias , estão (...)
Sex | 20.10.17

Tomada de Consciência 3 Reencontro

Sónia Azevedo
  Como vos contava no post anterior sobre o Abrir de Porta, encontra-se dentro de nós. Termos ou apercebermo-nos que é um passo que sentimos necessidade de dar, assumir essa necessidade e responsabilidade, ter coragem e avançar. Porque hoje em dia o fenómeno que nos acontece é fugirmos de nós.  Não conseguimos estar conosco, senão vejamos... Quantos de vocês estão por exemplo em casa em silêncio? Sem Tv , música , ou algum tipo de ruído ? Ou companhia? Ou telemóvel, ou PC? Acreditem (...)
Dom | 15.10.17

Tomada de Consciência (1ª parte)

Sónia Azevedo
  A tomada de consciência de quem somos e o que somos é o abrir de uma porta . Porta essa que há muito está lá , mas não vemos , não vemos para além do que nos é óbvio e do que se nos apresenta apenas aos que os olhos vêem. Quando paramos , e nos viramos para nós na procura de nós próprios, eu senti essa necessidade , eu senti que a vida tinha que ser muito mais do que apenas o que se apresentava. Eu sentia que eu era muito mais do que eu mostrava, ou mesmo acreditava. Se (...)